quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

da xereta

Recebi da Xeret@ o texto a seguir.

Recebi do meu mais novo amigo e parceiro, o desorientado do Valter, do Valter Poeta, um Meme muito joinha, o qual adorei responder.



A regras do Meme são as seguintes:

1. Linkar a pessoa que te indicou.

2. Escrever as regras do meme em seu blog.

3. Contar 6 coisas aleatórias sobre você.

4. Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.

5. Deixe a pessoa saber que você o indicou, deixando um comentário para ela.

6. Deixe os indicados saberem quando você publicar seu post.

Contar coisas a meu respeito é complicado. Não vejo nada que possa acrescentar mas, enfim...

Para ficar mais fácil vou tentar dizer algumas das coisas das quais eu não gosto:

1- Do dia - se pudesse moraria numa cidade que tem vida agitada à noite. Somente a noite sou produtiva. Poranto, sou notívaga de carteirinha;

2 - Bebida alcóolica. Já me disseram, inúmeras vezes, que ao nascer caí numa tina de vinho. Quem não me conhece bem acha que bebo todas. Não preciso de nada para me deixar animada, nada para me acender. A coisa tá no sangue;

3 - Mentira. Lógico que a mentira, sem dúvida nenhuma, também é necessária e isso é inegável. Mas, mentira sempre é covardia. Se mentirem prá mim e eu descobrir, o que quase sempre acontece, acabou. Não importa quem seja. Do outro lado da mentira está a lealdade e isso é fundamental em todos os relacionamentos, sem exceção. Aquele que mente, sem motivo justificável, não é pessoa confiável, jamais. Ela lhe trairá um dia;

4 - Miúdos em geral e otras cositas más. Se puder evitar não como: coração, fígado, língua, rim, testículo, pele, cérebro etc. Mariscos em geral, dobradinha, eca!!!

5 - Esmaltes de cores claras. Desde que me entendo por gente só uso esmaltes vermelhos e pretos. Eles deixam as unhas mais fortes, duram mais, deixam as mãos mais clarinhas, são mais fáceis de pintar e limpar. Aliás, não vou a manicures. Detesto que me cutuquem. Não tiro as cutículas pois, por isso mesmo, não as tenho.

6 - A cor bege. Não existe nada mais sem graça, prá qualquer pessoa, doque a cor bege. Como disse uma vez um costureiro famoso, o bege é falta de imaginação. Toda mulher que usa bege se não estiver bem maquiada morre na roupa. Concordo em número, gênero e grau.

Bem, acho que é isso.

Agora o negócio é repassar aos amigos:

Alma Poeta

Compartilhando as Letras

Coisas Minhas

Pensa Rics

O Leitor Esse Idiota

Linfa Zine
Beijocas doces em todos e um Feliz Natal com muito amor e paz e um 2009 cheio de $uce$$o e de grandes realizações!!!

Então, eu, Joyce:


Agradeço aos amigos xereta e, também, ao Valterpoeta e vou falar sobre mim:
1. sou professora, acho que porque gosto de sofrer... mas amo meus alunos do passado e do presente
2.gosto muito de ler, de tudo, desde que seja bem escrito.
3.gosto de estudar e pesquisar por isso já fiz mestrado em Letras e Educação
4.brigo muito por minhas idéias em educação
5. acho que o principal na relação aluno-professor é a amizade, o afeto
6.sou uma leoa se mexem com meus filhos.

Indico os seis amigos:
Na dança das palavras
Lugirão
obvious
Palavra ácida
solangelzen
meowatelier