quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Escritores policiais: Raymond Chandler


Raymond Chandler
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Raymond Chandler (Chicago, EUA, 23 de Julho de 1888 — 26 de Março de 1959) foi um escritor de histórias policiais e romances dos Estados Unidos da América




Biografia

Raymond Thornton Chandler nasceu a 23 de Julho de 1888 em Chicago, Illinois, Estados Unidos da América. A partir de 1895, após o divórcio dos pais, passou os primeiros anos de vida na Irlanda e a juventude em Londres, onde frequentou o Dulwich College, com o apoio financeiro de um tio materno, um advogado de sucesso. Em Londres publicou os seus primeiros escritos, ensaios e poesia, enquanto trabalhava como free-lancer no The Westminster Gazette e no The Spectator.

Chandler retornou aos Estados Unidos em 1912 onde trabalhou como contabilista. Em 1917, alistou-se no Exército Canadiano e combateu em França. Após o armistício mudou-se para Los Angeles, Califórnia, onde iniciou um caso amoroso com uma mulher já divorciada duas vezes, Cissy Pascal, uma pianista dezassete anos mais velha do que ele, com quem veio a casar em 1924. Por esta altura, Chandler possuía dupla nacionalidade, americana e britânica. Em 1932 Chandler ocupava a vice-presidência na Dabney Oil Syndicate, uma empresa petrolífera em Signal Hill, Califórnia, mas acabou por perder este emprego bem remunerado devido a problemas de alcoolismo.

A Grande Depressão pôs fim à sua carreira de negócios. No princípio dos anos 1930 publicou histórias policiais no Black Mask Magazine. Publicou The Big Sleep (À Beira do Abismo), o seu primeiro romance policial, em 1939, apresentando o detective Philip Marlowe, herói de mais seis romances.


Comentando

Os livros do autor são aventuras que envolvem seus personagens detetives, agente secretos, investigadores de homicidios que entram no submundo norte-americano e levam seus leitores junto.