quinta-feira, 18 de junho de 2009

Mãe é quem cria



Mãe é quem cria


Assim que chegou a um centro de resgate para aves de rapina, em Cornualha, no Reino Unido, a bebê coruja Bramble tratou de encontrar uma nova mãe. E a escolha foi bem incomum: a cadela Sophie, da raça cocker spaniel.

Aos três anos, Sophie usa seu instinto maternal para cuidar da corujinha, que, segundo o jornal “The Sun”, ganha até banhos à base de lambidas.

A ave parece ter gostado tanto do tratamento que passou a voar até a casa principal do centro, onde vive Sophie, para a sua higiene diária, digamos.



“Quando Bramble chegou ela não tinha penas, e teve que ficar confinada dentro de casa. No primeiro dia, Bramble encostou no sofá onde Sophie estava, e a cadela a limpou. A partir de então, elas se tornaram inseparáveis”, afirma Sharon Bindon, que dirige o centro.